Certas coisas não podem ser traduzidas em palavras

| sábado, 16 de maio de 2009
Depois de milênios eis que volto a postar aqui, to de volta. Bom esse texto vai parecer meio repeteco,m as é um assunto que sempre dá o que falar, e justamente por ser difícil definir usando palavras. Espero que gostem.


Um gesto, um olhar fala muito mais que milhões e milhões de textos, como já dizia música, “tudo que cala fala mais alto ao coração”. Certas coisas não precisão ser declaradas, acho que quem muito fala, pouco diz. Comecei a fala disso por ter lembrado de ter refletido sobre isso outro dia, sobre sentimentos, esse principalmente não conseguimos traduzir em palavras, são abstratos, particulares e ao mesmo tempo visíveis, expostos.
Quando vejo alguém falar em declarações de amor, acho legal a intenção, mas se é amor de verdade, e amor de verdade não se consegue explicar, como podemos declarar? Transcrevê-lo em palavras? A meu ver é mais uma maneira de tentar convencer o outro e mais ainda a si mesmo. Amor não se traduz, se sente, em termos de palavras mais vale, e se sente, um “eu te amo” que uma imensa poesia.
Breves e intensos momentos, gestos e olhares não traduzem nossos sentimentos, eles os expõem, dão vida, fazem-se sentir e por achar que ao se falar demais dos sentimentos faço com que percam o valor, acabo o texto aqui, curto, direto, claro e esperando ter dito algo.


Rodrigo

4 comentários:

{ Daniel Blankman } at: 16 de maio de 2009 15:01 disse...

Bom,sobre o eu ti amo,quem tiver afim de saber mais sobre o que vejo vai no texto amor modero.
Bom,eu não sou do tipo de pessoa que faz declaração de amor,grita eu ti amo ou paga mico.Acredito que é mais sincero olhar nos olhos e dizer o que senti.É mais prático e simples.
Como sempre o texto tá muito bom;
Abrass Digão

Daniel Lima "Blankman"

{ Kamilinha } at: 16 de maio de 2009 15:35 disse...

Meu Deus!
Tempão sem passar por aqui e quando passo.. Uma maravilha de texto!
MuitooooO bom!
Vou por partes:

Concordo plenamente com o que vc disse no começo: tem coisas que não precisam ser ditas.. Muito mais vale sentir do que ouvir! Acredito que quando só se fala é pouco válido! Pra mim, demonstrar é muito mais importante! Mas tbm é importante falar. É bom ouvir, faz bem! Mas só se for pra somar com aquilo que se expressa através do olhar, dos gestos... É como vc falou: "sentimentos abstratos, particulares e ao mesmo tempo visíveis, expostos".

Certíssimo em dizer que "Amor não se traduz, se sente". Penso da mesma forma! Por mais que a gente tente traduzir, explicar o amor, a gente não consegue.. Ou até consegue, mas nunca na sua totalidade, a tradução nunca é uma cópia fiel do sentimento em si!

"Breves e intensos momentos, gestos e olhares não traduzem nossos sentimentos, eles os expõem, dão vida, fazem-se sentir"... PERFEITO! Realmente não traduz, expõe! Ótima colocação!

Acho que tbm é importante falar...Talvez seja porque eu sou toda romântica e talz...Mas faz tão bem! Quem não gosta de abrir o orkut e vê um recadinho lá? Quem não gosta de, de repente, receber uma msg no cel? Um e-mail inesperado? Acho essas coisas legais.. Gosto disso! Mas, como já falei: atitudes falam mais alto que palavras! De nada adianta só falar!

Parabéns pelo texto!
Gostei muito mesmo!

Fica com Deus!

BjooO

{ Márjory } at: 16 de maio de 2009 18:06 disse...

nossa kra
vc escreveu td o q eu pensava soh q ainda ñ sabia explikr
amor eh isso mesmo
graaande filosofo rodrigo
HAUAHUAHAU
ameeeeeeei o texto
vê c volta pq to MORRENDO d saudade d filosofar com vc
beeeeeeeejo
t adoro piah
=***

{ Autores } at: 16 de maio de 2009 20:09 disse...

Adorei os comentários dos tr~es, valeu memso.

 

Copyright © 2010 Sarau dos Éteres Blogger Template by Dzignine