Presente inesperado

| segunda-feira, 1 de junho de 2009
E de repente vem aquela pessoa inesperada, sei que já falei no assunto,m as como gostei vou bater nessa tecla de novo. Espero que gostem.



Aquela pessoa chega sem avisar, apenas chega, vem devagarinho como quem não quer nada, como se tivesse apenas surgido, um presente inesperado. As vezes acontece, e não adianta tentar ser indiferente ou agir normalmente, é inútil a situação já não é mais normal, acabou de mudar, é inesperada, e normalmente não sabemos como lidar com inesperado.
Acontece, mas como creio que nada vem, de graça paro pra pensar “o que fiz pra merecer isso?”, aquela pessoa apenas apareceu, mas ainda não foi conquistada, apenas conquistou e não foi cativada, cativou. Cada gesto, mesmo que sem querer e por mais imperceptível que seja, chama nossa atenção, gravamos na memória.
Ah esses fatos inesperados, vem, surpreendem, as vezes assustam, mas volta e meia trazem uma luz a mais pra nos fazer sentir bem. Só cabe a nós no fim fazer com que fatos inesperados tornem-se casos fixos, duradouros e sempre prazerosos, basta pagar o preço.
Rodrigo.

2 comentários:

{ Márjory } at: 2 de junho de 2009 21:04 disse...

noooooooooossa
como sempre escrevendo coisas lindas
*-*

simplismente AMEI o texto...
comento melhor no msn
hauhauaa

t adoro piah

beeeeeeejo

{ Daniel Blankman } at: 6 de junho de 2009 14:39 disse...

O texto tá massa mesmo.
como sempre, escrevendo coisas reflexivas
Abrass Digão

 

Copyright © 2010 Sarau dos Éteres Blogger Template by Dzignine