Se...

| sábado, 30 de agosto de 2008

Certas coisas nós escutamos desde pequenos, como tudo que se repete tende a se desgastar, com as lições ,que não são postas em prática, não seria diferente. Desde cedo Nos acostumamos a com certas frases que nos são ditas como " sem um objetivo você não chega a lugar nenhum" ou "nunca desista, você pode" tudo isso é verdade, porém não são coisas que vamos aprender apenas escutando os conselhos de outros. Certas coisas nós só aprendemos quando fazemos e é disso que quero falar no texto que segue. Tenha seus objetivos, não desista do seus sonhos, mas antes de andar é preciso engatinhar, comece por pequenas coisas no seu dia-a-dia.

Se todos fizessem sua parte não haveria lixo nas ruas, pois haveria a consciência de que não vivemos sós;
Se todos fizessem sua parte não seria necessárias lições vazias e sem sentido, pois não seria necessário falar quando fazer já seria muito mais expressivo;
Se todos fizessem sua parte o mundo não sofreria tanto, pois se cada um reconhecesse sua parcela de culpa na zona que se instalou bastaria que cada uma corrigisse suas besteiras;
Se todos fizessem sua parte não haveria opressão, pois todos veriam que nenhum homem é superior ao outro e que seus direitos não podem ser violados em prol dos meus;
Se todos fizessem sua parte não haveria preconceito, pois a idéia imbecil de que "eu estou certo e você errado" perderia o sentido diante da idéia de que somos no máximo diferentes, sem julgamento de valores;
Se todos fizessem sua parte não seriamos roubados por indivíduos que agem como se tivesse nascido num cargo de poder, pois tomaríamos conciência de que nós os colocamos lá e que eles trabalham para nós e não o contrário;
Se todos fisessem sua parte esse texto seria inútil, pois não haveria problemas a serem apontados e é a primeira vez que escrevo algo que gostaria de não ter que escrever.


Rodrigo



3 comentários:

{ Autores } at: 30 de agosto de 2008 13:25 disse...

Bom eu escrevi e o primeiro comentário é meu. Tô fazendo esse comentário para pedir que entrem nesse texto comigo e apontem sugestões para alterar esse texto eu para o próximo.

{ Kamilinha } at: 30 de agosto de 2008 21:52 disse...

O segundo comentário é meu!!!! hehehe
Gosto do jeito como vc escreve!!!
Acho que o texto não precisa de alterações!!! Sugestão: Continuar escrevendo assim, dialogando com o leitor, usando linguagem simples, abordando temas legais, criticando...
Enfim...
Tá massa!!!
BjooO

{ Daniel Blankman } at: 31 de agosto de 2008 20:41 disse...

Então sou o terceiro!!!!!!!!!
^^
Bom o Digão tem um linha mais pensativa e racional das coisas,ou seja,tá sempre ligado no que acontece e tudo o que está em volta.Por isso os textos textos dele é sempre assim com coisas na qual temos que parar e pensar.
já eu não,prefiro ficar um tempão observando os meus amigos,minha família e a minha vida pra sair da caixola os textos que normalmente falam em solidão,mas as vezes saio desse contexto e escrevo coisas diversas como o primeiro que fala da timidez,um sentimento reprimido no qual a vergonha de falar atrapalha tudo e que na verdade ele não sabia o quanto a menina gostava dele.
Não é preciso mudar o que gosta de escrever pra agradar ninguém,o blog foi feito apenas para mostrar o que se senti,o que se passa na cabeça de cada autor e se possível dedica-lo a alguém como já foi feito pra nossa amiga Kamila(minha parceira de faculdade).
^^
Não muda não cara,como disse a Kamila "eu gosto do jeito que você escreve".Seu texto tá muito bom e como sempre tá deixando alguém pensando por ai.
Flw Digão e fik com Deus!!!

 

Copyright © 2010 Sarau dos Éteres Blogger Template by Dzignine